sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Amor de Irmão




O Conor , bombom numero uno , precisa de freios .

Sempre que ele vê algo que desperte 15% do seu interesse já era , ele quer !
Ele não desgruda , ele abraça e beija na loja mesmo e diz que ama , que aquele é o brinquedo que faltava pra vida dele ser completa . Impulso puro .

E foi numa dessas que , espontaneamente , o Liam me encheu de vergonha e de orgulho ao mesmo tempo , pode isso ?!

Entramos numa dessas lojas de eletrodomésticos , veja bem ELETRODOMÉSTICOS , mas foi uma daquelas lojas sacanas que o com certeza gerente não tem filhos pois se tivesse não encheria o CAIXA de brinquedos , sabe ?

Meus filhos estão treinados , presente só no aniversário e tudo que eles vêm e gostam eu tiro foto pra botar na lista do papai Noel .

Mas ontem foi diferente . Ontem ele tinha uns centavos no bolso e queria pagar pelo brinquedo fajuto que custava 50 dinheiros .

Ele dizia que aquele era o melhor brinquedo que ele havia visto na vida e que queria muito e eu , que estava num bom dia , disse pacientemente milhões de vezes que não compraríamos . Disse que aquele brinquedo sem graça iria pra lista do bom velhinho ou que ele poderia pedir pra gente de aniversário .

Depois de uns 20 minutos nesse lenga-lenga eu fui tirar a bendita foto e o moleque caiu no choro . Choro descontrolado . Mais um pouco de conversa e conseguimos sair da loja . Lá fora , eu novamente me baixei para explicar o porquê não compraríamos o tal brinquedo e foi aí que eu dei falta do Liam .

Procurei logo nos lugares mais perigosos (não era loja de shopping centre) e ele não estava lá , quando olho pra porta da loja vem ele correndo abraçado com o brinquedo que o irmão queria tanto e já sabendo que iria levar uma bronca diz com a cara bem emburrada e esticando uma das suas pequenas mãozinhas : Pare , mamãe ! O Conor precisa desse brinquedo . Você não está vendo que ele está chorando , deixa eu dar pra ele . Eu quero vê-lo feliz .

Na mesma hora , morrendo de vergonha , eu devolvi o brinquedo na loja e fomos para casa .
E fazendo a retrospectiva do ocorrido na minha cabecinha enquanto terminava a janta vi que mais uma vez o Liam , do jeito dele defendeu o irmão .

Ele sempre , sempre defende esse irmão . Várias vezes já me interrompeu enquanto eu chamava a atenção do Conor e isso derrete o meu coração . Não tem como não desejar que continue sempre assim , um sempre protegendo o outro , do seu jeito .

Para o resto da vida .


Nenhum comentário:

Postar um comentário