sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Amor de Irmão




O Conor , bombom numero uno , precisa de freios .

Sempre que ele vê algo que desperte 15% do seu interesse já era , ele quer !
Ele não desgruda , ele abraça e beija na loja mesmo e diz que ama , que aquele é o brinquedo que faltava pra vida dele ser completa . Impulso puro .

E foi numa dessas que , espontaneamente , o Liam me encheu de vergonha e de orgulho ao mesmo tempo , pode isso ?!

Entramos numa dessas lojas de eletrodomésticos , veja bem ELETRODOMÉSTICOS , mas foi uma daquelas lojas sacanas que o com certeza gerente não tem filhos pois se tivesse não encheria o CAIXA de brinquedos , sabe ?

Meus filhos estão treinados , presente só no aniversário e tudo que eles vêm e gostam eu tiro foto pra botar na lista do papai Noel .

Mas ontem foi diferente . Ontem ele tinha uns centavos no bolso e queria pagar pelo brinquedo fajuto que custava 50 dinheiros .

Ele dizia que aquele era o melhor brinquedo que ele havia visto na vida e que queria muito e eu , que estava num bom dia , disse pacientemente milhões de vezes que não compraríamos . Disse que aquele brinquedo sem graça iria pra lista do bom velhinho ou que ele poderia pedir pra gente de aniversário .

Depois de uns 20 minutos nesse lenga-lenga eu fui tirar a bendita foto e o moleque caiu no choro . Choro descontrolado . Mais um pouco de conversa e conseguimos sair da loja . Lá fora , eu novamente me baixei para explicar o porquê não compraríamos o tal brinquedo e foi aí que eu dei falta do Liam .

Procurei logo nos lugares mais perigosos (não era loja de shopping centre) e ele não estava lá , quando olho pra porta da loja vem ele correndo abraçado com o brinquedo que o irmão queria tanto e já sabendo que iria levar uma bronca diz com a cara bem emburrada e esticando uma das suas pequenas mãozinhas : Pare , mamãe ! O Conor precisa desse brinquedo . Você não está vendo que ele está chorando , deixa eu dar pra ele . Eu quero vê-lo feliz .

Na mesma hora , morrendo de vergonha , eu devolvi o brinquedo na loja e fomos para casa .
E fazendo a retrospectiva do ocorrido na minha cabecinha enquanto terminava a janta vi que mais uma vez o Liam , do jeito dele defendeu o irmão .

Ele sempre , sempre defende esse irmão . Várias vezes já me interrompeu enquanto eu chamava a atenção do Conor e isso derrete o meu coração . Não tem como não desejar que continue sempre assim , um sempre protegendo o outro , do seu jeito .

Para o resto da vida .


domingo, 31 de dezembro de 2017

Um Ano Em Cork


Batizado Dos Bombons em Julho mas poderia ser do Réveillon :) 


Dia 24 de Dezembro - Christmas Eve - fez 1 ano que nos mudamos para Cork , para nossa casinha e um ano depois ela está longe de estar do jeito que nós sonhamos mas casa é assim mesmo , né ? Um trabalho que não termina nunca .

No início do mês fiz alguns rascunhos de posts para publicar aqui mas esqueci e ficaram arquivados .
Daí hoje , eu que já estava com uma vontade grande de voltar a escrever , encontrei uma querida (Oi , Dulcineia!) que entre outras coisas disse que gostava de ler meu blog e só esse empurrãozinho moral foi o suficiente pra me trazer pra cá . De volta pro meu aconchego . Ha

Depois de um ano nossas vidas já entraram em uma rotina legal . Os meninos vão pra escola/pré escola e têm as atividades extracurriculares e play dates pra não ficarem entediados . Infelizmente Cork não tem a mesma estrutura de atividades pra crianças como Leeds e Londres têm mas isso fica de assunto para um outro post .

Eu estou naquela novela de tirar a carteira de motorista aqui depois de ter reprovado duas vezes na prova prática em UK  , fazendo novas amizades e ainda botando a casa em ordem , tentando me organizar .

Pra quem não sabe , nós nos mudamos pra casa DO LADO da casa do meu sogro . Eu achei que seria chato , que perderia minha privacidade mas não , ele e o meu cunhado são realmente adoráveis .

Esse foi o meu sexto Natal em Cork e o primeiro que passamos em casa pois antes como só vínhamos  de férias sempre passávamos o dia 25 na casa de uma tia muito querida . Eles fizeram falta mas eu amei o nosso Natal .

Esse ano foi corrido . Passeamos um pouco por Cork mas não tivemos férias em família . Batizamos os bombons e eu fui pra Paris e Londres com a minha bestie . Ah , também fui pra Marrakesh . . . Que lugar impressionante !

O Conor começou na escola . Na mesma escola que o bofe estudou e está amando . O marido começou em um emprego totalmente novo e de tão competente já até foi promovido . 2017 foi um ano de muitas mudanças e grande realizações .

O que Deus tem guardado pra mim e pra minha família pro ano que vem só Ele sabe mas eu tenho um feeling que o próximo ano será incrível .

Feliz Ano Novo para nós !