terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Tradições do lado de Cá - Ano Bissexto




O bofe está apavorado achando que eu vou pedí-lo em casamento hoje .
Agora vê se eu tenho unhas de quem propõe casamento a alguém ?

Todo medo porque esse ano é ano bissexto . Chamado de Leap Year por esses lados é o único ano em que a mulher pode pedir o homem em casamento .

E na Irlanda - país do bofinho - hoje é O dia .

Dizem que essa tradição foi criada por Saint Patrick ou Saint Brigid of Kildare no século 5 mas isso deixa duvídas já que não foi atestada antes do século 19 .

Reza a lenda (e o Wikipedia) que supostamente em 1288 a Rainha Margaret da Escócia , na época vivendo na Noruega e com 5 anos de idade (bem saidinha pra idade, né não?) criou uma lei que se os homens se negassem a aceitar um pedido de casamento pagariam uma pena por respeito que viria a ser um beijo , £1 ou um vestido de seda .
Infelizmente nenhuma das leis da Rainha Margaret sobreviveram aos nossos tempos se não eu iria sair linda pelas ruas de Londres pedindo a macharada em casamento pra ganhar £1 de cada um e ficar ryca !

Na Dinamarca se o homem negar o pedido tem que comprar pra mal amada 12 pares de luvas e na Finlândia ele deve comprar tecido pra fazer uma saia . Ha

Na Grécia eles acreditam que casar no ano bisexto traz má sorte .

A Rainha Victoria propôs ao Prince Albert .

Minha colega de trabalho propôs pro namorado no último Dia dos Namorados (por aqui 14 de fevereiro) e ele aceitou !

Eu vou ali torturar o namorado até o fim do dia .

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

The End of an Era

Foi rápido.

Em menos de uma hora .

Bem no meio da Banda de Ipanema entre um churros , salsichão , tapioca , milho-verde , pipoca e algodão doce ele se foi .
Meu piercing da língua que me acompanhava há mais de 12 anos fora engolido juntos com outras delícias brasileiras .
E como o buraco fecha rapidinho não tenho mais idade coragem pra botar outro e quebrar alguns dentes .

O pai , a mãe e o bofe ficaram felizes .

Enquanto isso , nas férias já comi tudo que tinha pra comer , encontrei vários amigos queridos e espero encontrar outros .
O pai já fez muitas das minhas vontades e a mãe que esta de férias no Brasil nem se fala .

O bofinho é um caso à parte .

No primeiro dia de praia , não quis passar protetor , pegou insolação só com o mormaço , fomos parar no hospital e ele está parecendo camarão . Mas jura que agora vai me escutar pro resto da vida - saí ganhando !

O Rio continua lindo .

Agora dá licença que o taxi parou e eu vou pular atrás do bloquinho e já volto babe !


Descançando em Ipanema entre um bloco e outro.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Férias . . .


Asa delta . Praia do Pepino ficou pequena - Fev - 2010


Adeus casaco , scarf , gorro , luvas e frio da peste .
Bem vindo bikini e calor , calor muito calor e caos .

Tô indo ali no meu Rio recarregar as baterias e já volto . Juro que volto !

P.S.: Esse post era pra ser um post feliz ,  mas com a neve que nao para de cair aqui em Londres e a possibilidade de greve da Policia Militar , Civil e dos Bombeiros em pleno Carnaval com a cidade cheia de turistas , deu medinho e o caos foi adicionado lá em cima . 


Me deseja boa viagem ?


sábado, 4 de fevereiro de 2012

Crise dos 7 ?




Hoje eu completo sete anos que cheguei aqui na Terra da Rainha .

Sete anos .

Nesses anos eu infelizmente não terminei minha faculdade . Não casei e nem tive babies . Não fiz nada que meus pais sempre sonharam pra mim .

Sai da casa do meu pai onde ele me dava tudo e quando não dava eu ia chorando (eu sou chorona!) pro irmão que ele dava , mas se ele não se comovesse com a super injustiça que eu acha que meu pai tinha acabado de cometer era só ligar pra mamãe que mesmo morando longe ela mandava .

Em Londres eu aprendi uma nova língua e consegui o meu primeiro (segundo e terceiro tb!) emprego , paguei minha primeira conta , conquistei o meu primeiro amor , ganhei a tão sonhada liberdade e não fiz bollocks dela .

Diz ai se eu não cresci ?

Aqui eu amadureci pra caramba e não consigo mais me ver de volta para aquela vida que eu tinha . Todo ano que eu vou para o Brasil eu percebo que lá não é o meu lugar .

E os últimos meses me fizeram pensar se Londres é o lugar que eu quero viver pro resto da vida . . .

Mas por enquanto eu vou ficando por aqui .

E que papai de céu continue iluminando meus caminhos !

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Comer No Escuro Pode ?



Estranho mas pode . . . Em Londres pode tudo !

Dans Le Noir é um restaurante francês em Farringdon , na trend zona leste de Londres , que nós fomos dias desses onde você come no breu total .

A primeira coisa que você faz quando chega lá é guardar todos os seus pertences em um armário e claro , qualquer coisinha que emita luz .  Daí você escolhe o seu menu, levando em consideração que o que você comerá é supresa a opção de escolher entre , carne , frutos do mar , vegetariano ou supresa do chefe .

Eu optei por frutos do mar e o bofe por carne .

Feito isso , você é apresentado pro seu garçom cego (sim todos os garçons lá são cegos) que te leva num quarto mega escuro de trenzinho (mão no ombro) e te senta na mesa . O meu foi o Roberto , italiano , bem querido .

A pessoa come na escuridão total . Uma experiência mega diferente onde eu passei o tempo todo tentando advinhar o que eu estava comendo . Eles só revelam no final .

O interessante também é ouvir o povo conversando e você começa tentar botar um rosto na voz .

Eu sou gordinha de coração e como mais com os olhos do que com a boca . Adoro ver o que estou comemdo e como foi organizado no prato .

Bom , a comida eu achei mediana mas o que valeu mesmo foi a experiência !

Quer saber mais sobre o restaurante e agendar sua visita clique aqui .