quinta-feira, 5 de março de 2015

De Mãe pra Mãe: Meu filho não come


Conversando com a Beth que escreve o My Family e Eu nós resolvemos expor nossas experiências com essa fase tão frustrante que os nossos babies passam . Quando eles não comem .

Eu comecei a introdução alimentar quando o Conor fez 6 meses , demorou 1 mês até ele aceitar a comida e no oitavo mesmo ele estava comendo tudo , tudinho , até pedra . Literalmente .

O problema mesmo aqui em casa começou quando ele tinha uns 14 meses e os quatro molares do Conor nasceram todos de uma só vez . Ele que sempre foi bom , bom não ótimo de garfo , comia literalmente qualquer coisa passou a rejeitar tudo .  Muito frustrante porque eu chegava a fazer 3 - 4 tipos de comida e o moleque cuspia , virava a cara e muitas vezes nem experimentava .

Pedi conselhos nos grupos de mães pelas redes socias , para um pediatra e para a nossa health visitor . E apesar delas me darem dicas valiosas , no final , todas falavam a mesma coisa : - Não se preocupe muito quando ele tiver fome ele vai comer .
Mas mesmo assim a preocupação estava sempre lá . Tinha dias que ele comia apenas o cereal matinal (em menor quantidade que o normal) e o resto do dia passava na água . Eu , que já não o amamentava mais e ele que também não bebia suco , muito menos leite quase me levou a loucura .

Dá pra ficar tranquila ? Nao dá , não dá ! E vai falar pra uma mãe de primeira viagem esperar seu filho pedir comida , vai ?!

Aos poucos ele foi aceitando algumas comidinhas : Arroz com feijão , ovo , brócolis e salmão e só . Passou quase um mês comendo só isso e caso eu botasse qualquer outra coisa diferente no prato ele já negava tudo , tudinho .

As coisas melhoraram quando eu tive a brilhante ideia de deixá-lo comer sozinho na mesinha dele e foi batata . Cada dia eu botava um "corpo estranho" no meio do arrroz e feijão e a principio ele negava , até pegar uma colherada e pronto , ele comia sem reclamar , claro que metade da comida parava no chão , né ?

A única coisa que eu quero reforçar que é : que é triste , frustrante mas como eu disse antes é fase , demora , muitas vezes demora até de mais mas passa . O importante é continuar oferecendo variedades que aos poucos eles voltam a aceitar .

Boa sorte e muita paciência quando a sua hora chegar .





Se você quer saber como a Beth superou essa fase chatinha clique aqui .
E pra saber como foi na casa da Adriana clique aqui .









´

2 comentários:

  1. Como eh dificil ne.. depois vou escrever sobre isso tambem.. Estou adorando teu blog! xx

    ResponderExcluir
  2. Nossa fase parece estar chegando... Ontem ele comeu bem... Hj so consegui fazer beber agua e peito e comer torrada, biscoito e caqui em pouca quantidase.Mas comida e a papinha de fruta da manhã não deu... To esperando ele acordar com fome...

    ResponderExcluir