sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

O Segundo Parto : Nascimento Do Liam


Você nunca sabe o tamanho da força que tem ,
até que a sua única alternativa é ser forte .


- Calma , Liam ! Disse eu alisando a barriga quando tive certeza que entrara em trabalho de parto :
- Vamos esperar o papai chegar ?

Mas ele não me ouviu . Não quis esperar . Estava pronto pra vir ao mundo .

Bofe estava em mais uma de suas viagens de trabalho . Dessa vez no Azerbaijan , 18 horas e quase 3 mil milhas distantes .

O dia estava frio mas o Sol brilhando e nenhuma nuvem pra contar história fez com que eu e o Conor passássemos a maior parte do dia no park . Eu corri atrás dele e o peguei bastante no colo então no fim do dia depois que tomei o meu banho quentinho eu atribui aquela dor chata na lombar ao pega pega com o bombom . Ledo engano . Esse foi o único indício que o meu trabalhado de parto já havia começado , quase quatro semanas antes da data marcada para a cesárea .

As 11pm eu senti uma contração bem leve mas não dei muita atenção , pedi pro Liam ter um pouquinho de calma e esperar mais 2 dias que era quando o pai voltaria  e voltei a dormir .

11:33 uma contração forte , como um chute , me acordou e eu resolvi ligar pro bofe pra deixá-lo ciente do que estava acontecendo . Eu estava em trabalho de parto . Ele ficou confuso , eram quase 5am lá e como não tinha nada , nadinha que ele poderia fazer de tão longe eu desconversei , falei que eram apenas braxton hicks e que ele poderia dormir tranquilo , que se algo acontecesse eu o faria saber .

Voltei a dormir na esperança que o Liam dormisse também e esquecesse por uns dias que já queria vir ao mundo . Não adiantou . As 11:50 ele me acordou pra lembrar que já era hora . Eu disfarcei e tentei dormir novamente mas ele não deixou , 00:12 veio uma contração tão forte , que eu não consegui mais dormir . Comecei a arrumar minha mala de maternidade mas parei , não conseguia fazer muita coisa , só pensava no que eu faria com o Conor , quem cuidaria dele enquanto eu estivesse no hospital .

00:33 , 00:39 contrações forte longas , a bolsa estourou e a ficha caiu : Eu teria meu filho sem o marido por perto .

Resolvi ligar para Li , amiga ou talvez deva chamá-la de anjo ?
Liguei pensando , que ninguém no mundo atenderia o telefone as 1:12 da manhã , mas ela é do tipo especial , sabe ? Atendeu ! E eu disse apenas : - Não sei o que fazer , estou em trabalho de parto .
Ela ainda sonolenta respondeu : - Posso te ligar em 5 minutos ?

E esses foram os 5 minutos mais longos da minha vida .

Eu imaginei que ela acharia que foi um sonho (eu já fiz isso) e voltaria a dormir mas não , menos de 5 minutos depois ela ligou com tudo resolvido . Com os filhos e o marido no carro , ela passaria a noite aqui em casa com a filha mais nova (bebê linda!) e de manhã levaria o Conor pra casa dela . Eu agredeci e disse que quando ela chegasse chamaria a ambulância e ela disse quase como uma ordem : - Não não, liga pra ambulância agora !
Eu relutante disse que esperaria , imaginei que a ambulância chegaria antes dela e o Conor ficaria sozinho . Que nada ! Ainda bem que eu eu fiz o que ela mandou .

Aqui quando você liga para ambulância eles não te deixam desligar enquanto a ambulância (ou pelo menos parte dela) não chega . A moça no telefone super paciente me dizia o que fazer e , entre uma contração e outra , ela me mandou destravar a porta , pegar muitas toalhas e deitar em cima delas . Eu só tinha vontade de empurrar mas ela me manteve calma , na medida do possível .

Conor começou a chorar , eu no chão do meu quarto tinha medo de ir pegá-lo pois o quarto dele é de cara para escada e eu achei que ia acabar desequilibrando e caindo , os três ! Ele chorava , berrava parecia que estava sentindo que algo não estava certo . E eu me senti incapaz ,  a moça do outro lado da linha dizia que pelo menos no berço ele estaria seguro .

Uma paramédica chegou e trouxe com ela gas and air . Ela explicou que por ser sábado tinha muita gente bêbada pelas ruas disse que a ambulância demoraria um pouco mais a chegar . Ela pegou o Conor que tremia e chorava muito e não quis sair de perto de mim até a Li chegar e começar a brincar com ele para distraí-lo . Ela realmente foi um anjo , fez minha mala da maternidade , me confortou , eu sabia que o Conor estaria em boas mãos .

Pouco depois das 2pm a ambulância chegou . Dai eu só me lembro de flashes . Não me lembro de como eu cheguei até a ambulância , não me lembro de ter saído do quarto decido as escadas e ter entrado nela . Não lembro !

Lembro de estar na maca , já dentro do hospital sendo levando por um monte de portas , dentro de elevadores . Acredito que foi assim que eu cheguei no quarto onde a Melissa e Sara (minhas parteiras) me aguardavam . Elas conversavam comigo , para me manter calma . O quarto estava escurinho com música de fundo . Foi tudo muito rápido eu deitada na cama pedi pra levantar . Impressionante como corpo da gente sabe exatamente o que fazer . Eu cheguei a pedir por anestesia e elas me explicaram o que eu já sabia , era tarde de mais para qualquer droga fazer efeito .

O coração dele começou a nos assustar e a Melissa chamou a parteira chefe e ela falou que se continuasse assim teríamos que ir para a sala cirúrgica , eu teria que passar por outra cesárea de emergência , o que naquele momento era a última coisa que eu queria , depois de tudo que eu passei queria o parto normal , queria o Liam nos meus braços sem intervenção cirúrgica . Então eu perguntei a Sara o que eu tinha que fazer para evitar a cesárea e ela , massageando as minhas costas , calmamente respondeu : - Faça força , bastante força quando a próxima contração chegar . E foi aí que ela chamou outra parteira só pra segurar a minha mão , para me dar mais incentivo .

A contração veio , eu fiz toda força do mundo e a cabecinha cabeluda dele saiu , Sara pediu que eu esperasse um pouquinho , respirasse bastante , outra contração veio , mais força e então o corpinho saiu e ele veio direto pros meus bracos todo sujinho , Melissa tirou o meu casaco e nesse momento era só eu e ele . Pele com pele e eu quando o cordão umbilical parou de pulsar , Melissa perguntou se eu queria cortá-lo . Claro que eu aceitei . Liam veio ao mundo as 2:54 da manhã com 3,155kg . E pra ser sincera o que doeu mesmo foram as contrações , o baby nascendo eu não senti . Senti uma queimação , desconforto quando o cabeça e os ombros passaram mas na minha opinião não foi dor . E viva a adrenalina !

As 3am eu liguei para Li pra saber do Conor (estava preocupada se ele tinha dormido , se ele estava bem ou se ainda estava chorando afinal ele nunca tinha ficado com ninguém) ele tinha voltado a dormir , estava bem .
Fiquei tranquila e então liguei pro bofe dizendo :
- Liam está nos meus braços . Ele em choque responde : - Você está brincando , né ?

Ele , que me conhece tão bem , logo depois da minha primeira ligação mudou a data das passagens de volta , chegaria em Leeds dia 24 ao 12pm , mas o Liam realmente não quis esperar . Decidiu que viria ao mundo no dia 23 , no mesmo dia que o pai e o irmão vieram .

Depois de descansar e dar bastante carinho pro meu bombonzinho foi a hora da placenta que não quis sair de jeito nenhum . Ficamos pouco mais de 1 hora tentando sem sucesso (depois viemos saber que uma pontinha estava presa na cicatriz da cesárea do Conor) . Então lá fomos nós (Liam no meu colo) para sala cirúrgica . Anestesia raquidiana e enquanto isso a obstetra me explicava que teria que remover a placenta manualmente.  Enquanto esse procedimento era feito Liam foi posto em um berço ao meu e assim que terminou voltou pros meu braços .

E foi assim que o Liam apressadinho nasceu .

O próximo baby eu quero do mesmo jeito ; parto normal , sem anestesia mas com o bofe do meu lado pra segurar minha mão .

Se quiser saber como o Conor veio ao mundo clique aqui .


*Nini esse post é pra você porque de todos que me perguntavam sobre o parto do Liam você foi a mais consistente . Ha
Eu desejo que o seu Liam (ou qualquer outro nome lindo que o seu bebê terá) tenha muita saúde , escorregue ao nascer , durma como um anjinho e seja sempre muito feliz .



23 comentários:

  1. Liza,
    Lembro de ter conversado com você sobre parto antes do nascimento do Conor. Fico muito feliz que apesar do susto você tenha passado por essa experiência. Eu também não senti dor na hora do expulsivo, uma sensação louca de que o corpo toma conta de tudo e sabe o que fazer, né? Um beijo para vocês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se me falassem naquela época que eu teria parto normal sem anestesia eu chamaria a pessoa de louca, Nivea. Nosso corpo é incrivel mesmo!

      Beijao

      Excluir
  2. Que lindo Liza!!

    Relatos de parto sempre me deixam perplexa sobre o funcionamento do corpo humano. É realmente lindo ver como tudo funciona perfeitamente.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camila, foi tudo inacreditavelmente lindo :)

      Beijao!!

      Excluir
  3. Liza que lindo!!! Você é muito guerreira. Passou por cima dos seus medos e deu a luz a essa criança linda saudável da maneira mais natural possível.
    Bom, eu senti muita dor no do Eliah, talvez pq ele fosse maior que o Liam ou simplesmente pq sou mais sensível. Parto normal sim, mas por favor anestesia!!!

    E que venha o próximo também com muita saúde.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Debbbie, ele nasceu pequeno, maiorzinho acho que seria tudo diferente.
      Muita saude pra voce, pros seu meninos e pro baby que esta assando no forninho :)

      Beijao!

      Excluir
  4. Jesus que nervoso! Chorei e tudo aqui, viu. rsrsrs Que Deus abençôe vc e sua família!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Prscila! Gracas a Deus deu tudo certo ;)

      Beijos

      Excluir
  5. Liza, me emocionei com a história do parto do Liam. Não, não tenho planos de filhos no momento, mas vira e mexe me pego pensando em como vou me virar quando a minha hora chegar. Planos a gente faz, mas quem manda na parada é o baby, né?rs Bom ouvir histórias como a sua, fico aliviada em saber que esse corpitcho vai saber o que fazer, porque euzinha (de hoje) não tenho nem ideia!kkkk Beijos e muita saude para os seus bombons! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Karine!
      Quando tua hora chegar se informe bastante. Leia tanto sobre o parto o normal como a cesarea e seja la o que voce escolher tenha sempre o plano B ;)

      Beijao

      Excluir
  6. Que historia assustadoramente linda!!!! Meu sonho é viver um parto normal. Bem, se algum dia eu engravidar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se é o teu sonho já já voce realiza, Karine ;)

      Boa sorte, beijos!!

      Excluir
  7. Uau, Liza, que emoção.... Não imaginava que o fofuxo do Liam tinha dado tamanho susto em vc!

    ResponderExcluir
  8. Liza! Você não imagina minha felicidade quando vi que você escreveu o relato!
    Nossa... a frase lá em cima explica tudo, é um perfeito resumo do parto.
    Quero lhe dar os parabéns por toda a sua força e coragem de enfrentar seus medos e sozinha ainda!
    Na hora tudo deve ter parecido um pesadelo sem o bofe por perto (no inicio), mas depois quando vc se entregou aos seus instintos e fez o que tinha que fazer tudo ocorreu perfeitamente. Parabéns novamente e obrigada por partilhar este momento com a gente.

    Eu estou aqui.. com a minha barriguinha de 4 meses (quase 17 semanas na verdade)... esperando conseguir ter um parto normal no país das cesarias... vamos ver...
    Ainda tenho um longo caminho para percorrer... com quantas semanas vc estava quando ele nasceu Liza?
    Beijos ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele nasceu de 36 semanas, Nini. Mas nasceu forte, nem precisou de cuidados especiais não.

      Se Deus quiser você conseguirá um parto normal lindo, sem traumas, só alegrias. Teu médico é a favor do parto normal?

      Beijao

      Excluir
    2. Ah... Foi "cedo" mesmo, por isso não esperavam...
      Bom saber que nasceu bem e na hora dele e pronto. :)

      Então... Meu médico não faz parto normal, só cesaria agendada (e depois do horário de trabalho dele no consultório (?!) e ainda cobra por fora do convênio), mas já me conscientizei de uma coisa... Porque tenho que ter um médico MEU? Que esteja a minha disposição?
      Vou ter meu bebe com plantonista. Eles só fazem isso, todos os dias o dia todo. Acho que só mudaria de ideia se tivesse alguma complicação na gravidez que meu médico conhecesse bem o problema e tal...
      Porém estou com 17 semanas e está tudo tranquilo e normal.

      Acho que o plano é esse ;)
      O resto dos planos ficam com o Baby rs, vamos ver as surpresas que ele me trará...

      Bom falar contigo, bjbj.

      Excluir
    3. Aqui é bem assim também, Nini. Temos os nossos bebês com as parteiras de plantão e da super certo. Vamos ver o que a Lara reservará pra vocês ;)

      Beijao

      Excluir
  9. Hey! Minha resposta dessa sua pergunta chegou? Não foi ou você só está sem tempo?
    Poxa porque só vi HOJE que o post foi pra mim? Rs. Que estranho. Meu cérebro se grávida Faz cada uma!
    Ah descobrimos o sexo! Teremos uma menininha! Provavelmente uma Lara!!!! :) 20 semanas... Metade do caminho. Aiai :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que benção! Eu que sempre quis um monte de meninos acho que uma princesinha agora seria uma maravilha.

      Não recebi a sua resposta não :/

      Beijao

      Excluir
    2. Eba! Acho a ideia de uma menininha brilhante! Tomara que seja assim!
      Como meu cel estava meio doido eu tinha a resposta que não foi no meu bloco de notas aqui, então acabei de postar. ;)

      Excluir
  10. Eu lí o relato do seu parto quando estava ainda naquele período tenso do puerpério. Chorei muito. Era como se estivesse lá com você. Sentido a sua preocupação com os seus dois pequenos. Eu sabia o quanto o choro do seu pequeno no berço angustiava seu coração, enquanto o seu outro pititico que estava prestes a debutar no mundo, também te trazia preocupações. Demorei para comentar, eu sei, mas não poderia deixar te dizer o quanto chorei com este seu post! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline sua sumida, como vc esta? E o seu pandinha? Ele já vai fazer 1 aninho, né? Vou no seu blog assim que os meninos me derem um tempinho :)

      Excluir