quarta-feira, 23 de abril de 2014

O Primeiro Parto: Nascimento Do Conor

Eu nunca contei aqui como foi a chegada do Conor , né ?

E antes que você me fale que cesárea não é um parto e sim uma cirurgia eu ponho os meu indicadores no ouvido e canto lá lá lá . . . 


Bom eu nunca contei então agora chegou a hora .

Era pra ser um parto planejado , até a semana 39 eu tinha certeza que o que eu queria era a cesárea eletiva e ela já estava marcada . Mas como tudo muda e minhas idéias e ideais mudam mais ainda , 5 dias pra data da cesárea eu marquei pra conversar com a consultora porque eu estava decidida que eu queria parto normal . Tudo acertado que eu iria ter um parto normal . 

Dia 22 de Janeiro as 3pm eu fui pro hospital com 3 cms de dilatação mas a bolsa ainda não tinha estourado . Na real eu estava com 3cms há mais de uma semana .

Dia 23 de Janeiro 5am eu ainda estava com 3 cms de dilatação e minha bolsa foi estourada . 

7am 
7cms de dilatação eu pedi a peridural que foi administrada as 7:30 . 
Depois de tomar a anestesia , para eu chegar a 9-10 cm/s de dilatação demorou quase 12 horas . 

7pm 
Minha parteira , super querida e super fofa disse que era hora de empurrar . Ela me dizia quando a contração chegava e eu fazia força pro bombom nascer , só que eu não sentia praticamente nada da cintura pra baixo . Eu acho que estava empurrando até que o bofe vira pra mim e fala : É pra fazer força e não só careta não !? Oi !?!
Eu até agora não entendo como é possível empurrar com anestesia , juro .


7:10 
A parteira checou e bombom estava com a cabeça virada , ela sentia a orelha dele o que resultou numa cesárea de emergência . 

E as 8:54 meu bombom nasceu e veio direto pros meus braços . Emoção sem fim , indescritível !  Mas como eu estava muito fraca por ter perdido mais de 1/3 da quantidade de sangue do meu corpinho quando eu deixei (enquanto eles me costuravam) eles pesaram , limparam e deram pro bofe . 
Desde então , Conor não saiu do meu lado e na ida da sala cirúrgica pra enfermaria ele foi comigo na maca , deitadinho em cima de mim .

Eu nunca vou esquecer nadinha daquele dia , nunca vou esquecer a expressão do bofe quando tiraram ele de dentro de mim e também não vou esquecer as duas músicas que tocaram na sala cirúrgica - Sitting on the Dock of the Bay (Otis Redding) e Starry Starry Night (Don McLean) - antes do bombom nascer porque depois eu só tinha olhos pra ele e ouvido pro chorinho gostoso dele .

Na enfermaria eu amamentei logo de cara e agradeço a enfermeira que me deu todas as dicas . Eu fiquei 2 dias no hospital e depois disso , como todas as outras mulheres que tiveram um bebê a pesagem , os check ups , teste do pezinho , troca de curativo foram todas feitas em casa por uma enfermeira/parteira até a sexta semana quando eu passei a ir no medico de família para o último check up e depois disso apenas a visita da assistente social , que pesa o bebê e me monitora pra ver se eu preciso de ajuda e ter certeza que eu não tenha depressão pós parto . 

Eu não tenho nenhuma reclamação de ninguém , tirando a obstetra (sabe quando o santo não bate ?) , foi uma experiência maravilhosa e até o Liam nascer eu achava que tinha sido incrível mas incrível mesmo foi o parto dele que eu vou contar no próximo post . 

7 comentários:

  1. Agora não vou conseguir dormir a noite pensando no parto do Liam! Hehe
    Sério. Eu sou extremamente curiosa!

    Liza, eu morro de medo de sofrer no parto, mas sonho com um parto natural pq sei que qualquer cirurgia é um pé no saco depois. O pior é q dói qnd a gente espirra e da gargalhada, por uma semana! Aff
    (E olha q minha única cirurgia foi uma besteira, pedra na vesícula).

    Vc é uma ótima mãe, querida!

    Bjo,
    Becky
    Xoxo

    ResponderExcluir
  2. Menina, vc é guerreira, viu??? Jogou de lado seus medos para ter um parto normal, pena que não deu certo, mas deu certo no segundo!!! Uhuuuuuuuu!!!!
    Mulher, como assim? Ter filho com epidural?? Eu morri sem ela! Mas preciso dizer que é bem mais rápido sem epidural, mas dói demais... Afffff.

    Parabéns pelos filhos fofos e saudáveis.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não sou mãe, mas já fiquei aflita com o relato auhauaha

    Kisu!

    ResponderExcluir
  4. Já estou à espera do segundo relato! Adoro relatos de parto! :)

    ResponderExcluir
  5. Estou esperando pelo parto do Liam! :)
    xx

    ResponderExcluir
  6. Eu senti a mesma coisa ao empurrar, parecia q toda a minha cara fica desfigurada mas da cintura pra baixo não sentia nada! Uma das parteiras que estava no quarto me ajudava presionando a minha barriga... :)

    ResponderExcluir
  7. Vc me deixou quanto ao parto do Liam!!! CONTA! :)

    ResponderExcluir